logo Vértice

Notícias

NO ALTO DA TORRE

Engana-se quem acredita que o mercado nacional da construção civil não está atento aos apelos do planeta. Segundo dados do Green Building Council * o Brasil está em quarto lugar na lista de países com o maior número de prédios verdes certificados. Só ficamos atrás dos Estados Unidos, Emirados Árabes e China.

E o que isso significa para o usuário?

Embora esse tipo de obra exija um investimento maior, em torno de 2% e 7%, depois de prontas elas são mais eficientes do que as tradicionais e operacionalmente mais econômicas. No caso da energia elétrica, por exemplo, a redução do consumo chega a 30%, sem prejuízo da iluminação, conforto térmico e qualidade dos serviços de rotina.

Há alguns anos, a Vértice acompanha os avanços na área e adota técnicas sustentáveis de construção visando evitar o desperdício de energia. Elas têm feito grande diferença nos apartamentos ou conjuntos comerciais com a assinatura da empresa. Conheça algumas soluções implantadas:

• aplicação de bombas de recalque ou recirculação de alto rendimento com partidas
suaves, que apresentam menor consumo de energia e maior durabilidade
• lâmpadas e luminárias econômicas, com máximo fluxo luminoso e maior vida média
• reatores de alto fator de potencia, modernos, econômicos e duráveis
• iluminação externa com balizadores em LED ou abastecida por células fotovoltaicas, que transformam luz solar em energia elétrica
• todos os motores acima de 5 CV aplicados ao projeto estão de acordo com os padrões da norma brasileira, inclusive para sistemas centrais de ar condicionado, e oferecem alta eficiência com baixo consumo
• infra estrutura de automação para controle e supervisão de todos os sistemas elétricos nos edifícios comerciais
*O GBC Brasil é um dos 21 membros do World Green Building Council, uma organização não governamental que surgiu para auxiliar no desenvolvimento da indústria da construção sustentável no Brasil, a partir de um processo integrado de concepção, construção e operação de edificações e espaços construídos.

Escrito por: em 23 jan

admin

Deixe uma resposta